Com campanha de G4, Ariel Mamede celebra bom momento do Boa Esporte

Mamede durante treinamento do Boa Esporte | Foto: Divulgação

Treinador vitorioso e com conquistas por onde passou, o goiano Ariel Mamede, de 31 anos, assumiu o Boa Esporte no início de outubro com uma difícil missão pela frente, que era tirar o clube de Varginha da lanterna e, posteriormente, da zona de rebaixamento da Série C do Campeonato Brasileiro. O primeiro objetivo foi conquistado na última segunda-feira (16), quando a equipe bateu o São José (RS), em casa, por 1 a 0, deixando o São Bento (SP) na última colocação do Grupo B.

Com a camisa boveta, Mamede conquistou duas vitórias, três empates e apenas uma derrota, somando nove pontos em seis jogos. Antes da chegada do treinador, o Boa Esporte somava apenas cinco pontos em nove jogos. Desde que chegou ao clube sul-mineiro, o treinador vem fazendo uma campanha equivalente ao G4 da competição. Ariel fala sobre a sua chegada ao Boa:

“Chegamos em um momento complicado do clube, que passou um turno inteiro da competição sem vencer uma partida sequer, somando apenas cinco pontos. Um grupo que vinha sendo reformulado no decorrer da competição. Fomos muito bem recebidos, não só o nosso trabalho, mas a nossa maneira de liderar foi muito bem aceita pelos atletas, que assim que chegamos, fizeram questão de comprar as nossas ideias e tentar de todas as maneiras cumprir aquilo que tínhamos como estratégia e ideia da nossa equipe e isso com certeza fez toda a diferença para começarmos a evoluir”, disse o treinador.

Apesar da pouca idade, Mamede teve grandes passagens por onde passou: Vila Nova (GO), Atlético Goianiense (GO), Rondoniense (RO), CEO Operário (MT), Jaraguá (GO) e, recentemente, no Real Brasília (DF), chegando às semifinais do Campeonato Candango. Treinando a Seleção Brasileira Universitário, Ariel foi vice-campeão, em Nápoles, na Itália.

“Obviamente que não temos conseguidos ser vitoriosos em todas as partidas, mas sempre competitivos, passando jogos com um jogador a menos, tendo excelente poder de reação. Fizemos um grande jogo contra o Brusque, por exemplo, atual líder, e tomamos o gol de empate faltando 30 segundos para terminar a partida. Contra o Londrina fizemos um baita jogo, batendo frente a frente contra uma equipe de tradição, nome e de G4. Da mesma maneira contra o Ypiranga, então isso que vem nos fortalecendo e o grupo, de uma maneira geral, vem tendo a certeza de uma evolução nítida, o que nos deixa feliz, mas com sabedoria de que precisamos ter pés no chão, cautela e objetividade”, resumiu Mamede.

O Boa Esporte volta a campo no próximo sábado (21), às 16h00, quando encara o Ituano, no interior paulista. Uma vitória pode tirar a equipe de Varginha da zona de rebaixamento. Restam quatro partidas para o término da primeira fase da Série C do Brasileirão.

Boa Esporte com Ariel Mamede:
6 JOGOS – 9 PONTOS – 2 V 3 E 1 D

Boa Esporte antes da chegada de Ariel Mamede:
9 JOGOS – 5 PONTOS – 0 V 5 E 4 D

Este material está liberado para reprodução. Os órgãos de imprensa devem citar o site da InterMédio Sports como a fonte da informação)

Compartilhar
Entre em contato!!!
Oferecemos soluções em assessoria de imprensa, comunicação visual, marketing digital, gestão de redes sociais e elaboração de projetos diversos para treinadores, atletas, clubes, empresas e demais profissionais do esporte.
Powered by