Ademilson marca, mas Baeta é derrotado no Vale do Aço

A estreia do Tupynambás não saiu conforme planejado durante a pré-temporada. Jogando no Estádio Louis Ensch (Luizão), no último sábado (17), o Social recebeu o Leão do Poço Rico, no Vale do Aço, e venceu por 2 a 1, em partida válida pela primeira rodada do Módulo II do Campeonato Mineiro 2018.

O Leão começou a partida de forma desatenta e logo no terceiro minuto de jogo, Paulinho, do Social, abriu o marcador após aproveitar cruzamento. O Saci seguiu mostrando para o que veio e deu trabalho para o experiente arqueiro Glaysson. Ao fim do primeiro tempo, aos 43 minutos, o Baeta quase empatou após falta ensaiada, cobrada por Filipinho.

Para a segunda etapa, o treinador Guiba promoveu a entrada do atacante Yan Carlos, que deu mais movimentação ao Baeta. Nos primeiros 20 minutos, o Baeta fez blitz na zaga da equipe de Coronel Fabriciano, mas o empate não acontecia. Aos 21, em uma cobrança magistral, Arilton ampliou para os donos da casa. Porém, o Baeta era valente e não desistia. Em uma jogada de linha de fundo, pela direita, o volante Lucas Coutinho escorou para o experiente Ademilson, que empurrou para o fundo do gol, aos 32 minutos. Após o gol, a equipe de Juiz de Fora foi toda para o ataque e fez mais uma série de blitz na zaga do Social, mas o empate não aconteceu.

Em busca da recuperação e da primeira vitória, o Baeta recebe, no próximo sábado (24), às 11h, a equipe do Betinense, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio. A vitória pode colocar o Leão na zona de classificação à segunda fase.

FICHA TÉCNICA

SOCIAL 2×1 TUPYNAMBÁS

Competição: Campeonato Mineiro do Módulo II 2018 – Primeira Fase – Primeira Rodada

Local: Estádio Louis Ensch (Luizão), em Coronel Fabriciano (MG)

Data e Horário: 17/02/2018, às 16h00 (de Brasília)

Arbitragem: Michel Patrick Costa Guimarães, auxiliado por Wellington Pereira Neto e Gláucia Faria Paula

Gols: Paulinho e Arilton (Social); Ademilson (Tupynambás)

Social: Escalação. Técnico: Iago Hass; Arliton, Bruno Leandro, Marcos Vinicius e Jorda; Gleidson, Yuri (João), Julio Cesar (Pathielly) e Leandro; Dodô e Paulinho (Raphael). Técnico: Conrado

Tupynambás: Glaysson; Catatau, Adriano, Luizão e Aurélio; Brayan (Linhares), Guilherme (Yan Carlos), Lucas Coutinho e Filipinho; Ademilson e Richard (Thiago). Técnico: Guiba

Aos 43 anos, Ademilson marca o primeiro gol do Baeta na competição

Compartilhar
Entre em contato!!!
Oferecemos soluções em assessoria de imprensa, comunicação visual, marketing digital, gestão de redes sociais e elaboração de projetos diversos para treinadores, atletas, clubes, empresas e demais profissionais do esporte.
Powered by